Pular para o conteúdo

Você quer fabricar novos neurônios? Então, corra!

Para a atleta pioneira e recordista mundial em corrida de longa distância Doris Brown Heritage, correr é um caminho para a autoconsciência e confiança, mas segundo pesquisas recentes sobre a prática de exercícios aeróbicos regulares, os ganhos para o cérebro são extremamente positivos. Está comprovado também que o exercício aeróbico interfere na saúde emocional e ajuda a reduzir as emoções negativas.

Karen Postal, presidente da Academia Americana de Neuropsicologia Clínica diz que a única atividade que pode desencadear o nascimento de novos neurônios é o exercício aeróbico vigoroso. “Se você está se exercitando, suas novas células cerebrais estão nascendo”, diz Postal.

Portanto, suar na esteira ou a céu aberto ajuda tanto na saúde cerebral melhorando as habilidades cognitivas, quanto na saúde emocional tornando sua visão da vida mais positiva.
Emily Bernstein e Richard McNally, pesquisadores da Universidade de Harvard,realizaram estudo para descobrir o motivo e saber exatamente o efeito que o exercício tem sobre nós. O estudo se propôs a analisar a forma como o exercício altera o modo como as pessoas reagem às suas emoções, se pode ajudar a reduzir as emoções negativas, melhorar o humor e diminuir a ansiedade.
Os participantes foram divididos em dois grupos; um deles foi orientado a se esticar e outro a correr durante 30 minutos e depois assistiram à cena final do filme de 1979, O Campeão, uma das mais tristes do cinema americano. Os participantes, em seguida, relataram suas respostas emocionais. Verificou-se que aqueles que tinham corrido por 30 minutos se recuperaram mais rapidamente do que aqueles que tinham apenas se esticado.

Outras experimentos atestaram que 30 a 40 minutos de atividade são suficientes para aumentar o fluxo sanguíneo de uma área do cérebro localizada atrás da nossa testa e que está associada a concentração, a gestão, ao foco e ao planejamento futuro.

Em outro estudo recente intitulado: “Acute Aerobic Exercise Increases Cortical Activity during Working Memory: A Functional MRI Study in Female College Students” (Exercício Aeróbio Forte Aumenta Atividade Cortical durante Memória de Trabalho: Um estudo de ressonância magnética funcional em universitárias) realizado com quinze mulheres jovens mostrou a ligação entre exercícios aeróbicos e a melhoria na memória funcional (capacidade de armazenar temporariamente informações isoladas, chamada anteriormente de memória de curto prazo).
Elas foram examinadas por ressonância magnética, enquanto realizavam uma tarefa de memória de trabalho, logo após a prática de uma sessão de exercícios aeróbicos intensos. A reposta foi positiva, os exercícios aeróbicos interferem de forma benéfica na função cognitiva.

Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades da Clínica Dr. Fernando Gomes