Entre em contato: São Paulo 11 3825 2444 . Outras localidades: 0800 580 0830

Especialidades

Neuropsicologia

A Neuropsicologia tem como objetivo entender a relação entre o cérebro e o comportamento.

Na Avaliação Neuropsicológica acessamos por meio de instrumentos e técnicas específicas, cada uma das capacidades do cérebro, como por exemplo, as funções atencionais, executivas, a aprendizagem de novas informações, a memória em seus diferentes aspectos e o funcionamento intelectual. Ela possibilita entender as habilidades e dificuldades cognitivas do paciente, auxiliar o diagnóstico médico, planejar a reabilitação e direcionar o tratamento.

É um processo composto por três etapas: a anamnese (levantamento dos dados da história), avaliação (aplicação dos instrumentos e técnicas) e devolutiva (apresentação dos resultados, orientações e entrega do relatório).

Após a avaliação, o paciente que apresentar indicação poderá iniciar um programa de Reabilitação Neuropsicológica. Ela possui três objetivos principais: estimulação cognitiva (exercícios para o desenvolvimento das capacidades atencionais, de planejamento e da memória, por exemplo), desenvolvimento de estratégias compensatórias para um melhor funcionamento nas atividades do dia-a-dia e a orientação familiar.

Algumas indicações para a avaliação e reabilitação neuropsicológica:
• Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade
• Distúrbios de Aprendizagem
• Epilepsia
• Traumatismo Craniencefálico
• Tumores Cerebrais
• Acidente Vascular Encefálico
• Hidrocefalia de Pressão Normal
• Envelhecimento Normal e Demências
• Transtornos Psiquiátricos

Neurofeedback

O Neurofeedback é uma técnica não invasiva, baseada nos conceitos das neurociências, psicologia, associados a tecnologia. Durante a sessão o paciente utiliza um equipamento específico, com sensores que captam ondas cerebrais, de diferentes tipos, que equivalem a diferentes padrões de comportamento. Existem ondas relacionas a um melhor desempenho atencional, por exemplo, e outras relacionadas a estados de relaxamentos mais profundos.

Nas sessões de Neurofeedback realizamos o treinamento de funções cognitivas, por meio de exercícios, atividades e músicas, visando modular e produzir ondas em frequência ideal e com isso melhorar o funcionamento do cérebro.

As funções do cérebro especialmente trabalhadas no Neurofeedback são as capacidades de concentração, manutenção da atenção, atenção dividida e alternada, planejamento, flexibilidade mental e controle de impulsos. Embora a memória não seja uma função diretamente estimulada pelo neurofeedback, melhoras podem ser observadas em decorrência das melhoras atencionais.

O interessante dessa técnica é  que as ondas são captadas e processados por um computador, que no mesmo momento retorna as informações ao paciente em gráficos, marcadores visuais, jogos, etc. Com isso o paciente pode avaliar se está atingindo o seu objetivo, em qual aspecto precisa melhorar e a partir de então realizar tentativas e desenvolver estratégias para mudar o padrão, para que a mudança cognitiva efetivamente aconteça.

Para trabalhar sintomas ansiosos e de estresse utilizamos também o Biofeedback. Neste um sensor é colocado na ponta do dedo do paciente para detectar a sua  frequencia cardíaca. Enquanto isso o paciente realiza exercícios e técnicas para melhora dos sintomas e assim como no Neurofeedback poderá visualizar e intervir em tempo real nos seus resultados.  Aqui buscamos o estado de coerência cardíaca, que é quando o organismo entra em equilíbrio, reduzindo problemas fisicos e psicológicos.

Essas técnicas são utilizadas dentro de um processo de Reabilitação Neuropsicológica. Outras ferramentas são associadas ao tratamento, são feitas orientações para o desevolvimento de estratégias compensatórias, além da orientação familiar quando necessário.

Essas técnicas podem ser indicadas para:

– Disturbio do Déficit da Atenção;
– Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade;
– Melhora de sistomas depressivos;
– Redução do Estresse;
– Redução da ansiedade;
– Melhora da performance acadêmica;
– Melhora da performance profissional;
– Melhora de desempenho em atividades esportivas;
– Mudança no estilo de vida.

 

Camila Santos Cechi
Neuropsicóloga CRP 06/61989-6

Dr. Fernando no Instagram

    © - Dr. Fernando Gomes Pinto - Clínica de Neurocirurgia Agência ILI criação de sites